Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas – 10 de Junho

No dia 10 de junho celebra-se em Portugal o Dia de Portugal, o Dia de Camões e o Dia das Comunidades Portuguesas, é também o Dia da Língua Portuguesa e o Dia do Cidadão Nacional. Um feriado nacional, que presta homenagem ao grande poeta Luís Vaz de Camões, que faleceu no dia 10 de junho de 1580. Camões é autor d´Os Lusíadas, a maior obra épica de Portugal.

O Dia de Portugal e o Empreendedorismo

Ao aprender mais sobre essa data e o que ela representa, percebi que o povo português sempre foi empreendedor, e Camões foi o poeta que conseguiu relatar de forma primorosa esse empreendedorismo. Observe o 1º verso da sua obra prima, aqui já se percebe a natureza desse povo:

Canto I
As armas e os barões assinalados,
Que da ocidental praia Lusitana,
Por mares nunca de antes navegados,
Passaram ainda além da Taprobana,
Em perigos e guerras esforçados,
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo Reino, que tanto sublimaram;
Dia de Portugal
Photo by Curioso Photography on Pexels

Ao ver um mar imenso à sua frente não se fartou apenas a olhar o pôr do sol, mas pôs-se a navegar…

Parabéns ao povo português, ousado, pioneiro e empreendedor!

Desafios do empreendedor português no Dia de Portugal

Desde que resolvi morar em Portugal, estou a pesquisar e a conhecer os desafios de empreender em Portugal. Entre os principais motivos, percebi estes:

1. Falta de mão de obra qualificada

É notório que muitos jovens portugueses já qualificados escolhem sair da pátria mãe para seguir carreira profissional em outros países. Os que aqui ficam acabam por ocupar os postos de trabalhos disponíveis nas empresas maiores.

Desta forma, sobram poucos profissionais experientes para assumir todas as áreas necessárias de um negócio a crescer para que este possa sair do estágio inicial, ou startup, para um estágio mais maduro e capaz de gerar outros postos de trabalho para os iniciantes. Na prática é um círculo vicioso.

Acredito que as comunidades de empoderamento digital, e as formações sobre o uso de ferramentas digitais são essenciais para os negócios portugueses. Esses recursos permitem que os empreendedores portugueses estejam mais informados, e assim podem melhor suprir as necessidades de suas comunidades locais, desde agora e com vistas para o futuro. Isso torna o povo português mais preparado e competitivo diante do mercado global que nos cerca.

2. Ritmo de vida e governança

Apesar de o governo português ter um sistema informatizado e que funciona bem para abrir-se uma nova empresa, gerir suas finanças e declarar seus impostos, a velocidade das atividades em Portugal tende a ser um pouco mais lenta do que noutros sítios.

Isso tem a ver com o povo, a sua cultura e o seu ritmo de vida mais calmo e contemplativo. Isso é ótimo, e garante uma qualidade de vida muito superior do que em outros países. Tanto é que muitos empreendedores europeus decidem vir para Portugal aproveitar os custos mais baixos e o clima mais ameno, mas alguns talvez acabem por esbarrar no ritmo de vida local e então seus negócios tem três saídas: adaptam-se, mudam-se para outros países, ou definham e morrem.

Para que Portugal seja mais atraente para os investimentos estrangeiros não é preciso mudar-se a cultura lusitana, mas de facto se fazem necessárias algumas adequações e, principalmente, actualizações tecnológicas que o universos digital nos impões, pois o resto do mundo está a acompanhar a velocidade crescente dos avanços que a internet possibilita. Acredito que e não é desejo de nenhum povo ou país de ficar para trás na fila dos mais desenvolvidos.

3. Competidores estrangeiros

Portugal tem muitas belezas naturais, qualidade de vida, segurança, clima, etc. e isso atrai gente de todo o lado, incluindo outros empreendedores (eu incluso) que escolhem a terra lusitana como lar para seus negócios.

O mercado de Freelancers é selvagem, facilmente encontramos “profissionais” se contentam com salários muito abaixo da média mas que não tem compromisso com a qualidade da entrega. infelizmente descobrimos isso apenas quando já é tarde demais, o contrato já foi firmado, o pagamento acertado e o prazo já não tem margem para buscar outro fornecedor.

4. Fornecedores superfaturados

Diante dos motivos acima, percebo que os profissionais disponíveis em Portugal acabam por cobrar valores bem acima do necessário. As grandes empresas, nacionais e estrangeiras em solo português também contratam os melhores e mais caros.

Naturalmente a competição é mais intensa em alguns nichos do que em outros. Existem áreas em que os portugueses dominam e não imbatíveis, já em algumas áreas a cultura não acompanhou a média global e ainda há muito espaço para se desenvolver. Algo que ouço com certa frequência é o que os brasileiros estão muito mais avançados em relação às tecnologias online e no marketing digital.

Eu mesmo posso atestar que meus 25+ anos de experiência nesta área tem sido muito valorizados e me dá muito gosto ajudar o povo português a acelerar seus resultados na internet. Não vejo nisso um motivo para superfaturar do pequeno empresário local


“Navegar é preciso, viver não é preciso”

Pompeu, general romano, 106-48 aC.
Tweet

A parafrasear os marinheiros da antiguidade, arrisco-me a dizer que “empreender não é preciso“. A navegação requer uma exatidão que um negócio no século XXI não tem. Por mais que um empreendedor planeje, prepare-se e organize o seu negócio, sempre está sujeito à muitas adversidades.

A melhor ferramenta possível para quem empreende é a informação. Buscar conhecimento não significa que você irá colocar a mão à massa, mas sim que poderá tomar melhores decisões.

Vamos aprender com a experiência dos outros?

No vídeo abaixo o apresentador Marcelo Tas apresenta 7 erros que todo empreendedor pode evitar ao iniciar, ou mesmo que já tenha experiência.

Meu desejo no Dia de Portugal (e todos os dias)

Espero poder ajudar na democratização da informação, com serviços e formações pra profissionais de serviços e proprietários de negócios locais portugueses. Que estes, por sua vez, valorizem seus negócios e alcancem um novo patamar de prosperidade de acordo com seus objetivos e propósitos.

Vamos melhorar seus resultados?

Se tiver dúvidas de como melhorar os seus resultados em qualquer área do empreendedorismo, conte com a minha ajuda!



Gostou desse artigo? Use os comentários abaixo para contar suas experiências, dificuldades e dúvidas sobre este assunto.

Se esse conteúdo foi importante pra você, compartilhe também com seus amigos em seus grupos de relacionamento e redes sociais.
Sharing is caring! :-)

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
Scroll to Top
Abrir o Chat
1
Posso ajudar?
Olá
Posso ajudar?